A Especulação Imobiliária (2014)

works

Em A especulação imobiliária, um conjunto de vitrines de acrílico lembram perfs de edifícios e estão parcialmente preenchidas com réplicas de peças de jogos infantis de construção, feitas com o papel impresso de alta qualidade retirado de catálogos de lançamentos imobiliários, coletados na cidade de Porto Alegre entre 2012 e 2014. O mundo de papéis coloridos distribuídos incansavelmente em cada uma das esquinas da cidade, é reutilizado sob a forma de peça de jogo, onde ao contrário de se buscar construir uma cidade, apenas se empilha, aleatoriamente, como uma montanha de ruínas recicladas. Os letreiros aplicados nas bases das vitrines denunciam a nova forma de nomear edifícios condominiais, valendo-se de slogans de um falso estilo de vida, lançados pelos departamentos de marketing das grandes construtoras.
26 01 mini A Especulação Imobiliária (2014) 26 02 mini A Especulação Imobiliária (2014)